Um problema que é meu/seu/nosso: ÁGUA!

Não precisa ser a pessoa mais engajada ou envolvida do mundo para vivenciar a péssima experiência da “crise da água” por que estamos passando. Deixando de lado questões e divergências políticas, o fato é que estamos com um problema tão grave, mas tão grave, que até mesmo o mais inerte e indiferente de todos os seres tem se abalado de alguma forma com a situação.águaaGente, não estamos falando de petróleo, gás.. Mas sim, de ÁGUA! Um elemento vital. Ao colocar no papel a porção de água doce que, de fato, está disponível para consumo em todo o mundo, constatamos que é muito pouco: 0,26% (o que representa 13 gotas em um balde de 10 litros!!). Sem ela não fazemos nada, não somos nada. Sem água não há vida, em nenhum sentido, em nenhum aspecto. Isto é tão assustador que definitivamente não dá pra ficar parado.
fTenho conhecimento sim de que grande ou maior parte do problema é muito maior e está muito acima de nós. Por exemplo, o abastecimento das indústrias e do agronegócio que consome uma enoooorrmeee parte dos nossos reservatórios. Mas a situação é tão amedrontadora e periclitante que eu não consigo parar de pensar que eu preciso me mobilizar para fazer minha parte e trazer comigo pessoas próximas a mim com este mesmo intuito. E foi por isto que decidi fazer esse post.

Desde que me entendo por gente, uma das coisas que sempre considerei um dos meus maiores maior “luxo” foi um banho demorado, depois de um dia daqueeeles.. Pois é, um pouco de ignorância da minha parte, mas muito também pelo fato de vivermos em outra época, com outros problemas e preocupações. Sempre curti muito, muito mesmo o “meu-momento-banho-gostoso-e-demorado-antes-de-dormir”, confesso.

Só que os tempos agora são (muito) outros e, por mais difícil que fosse abrir mão de certos deleites, eu vi que o sentimento egoísta não podia prosperar. E, aos poucos, eu vim diminuindo e “enxugando” esse que era um dos meus maiores luxos. Começando com alguns minutos a menos num dia, no outro dia, até chegar num tempo bom e não mais do que o necessário. E me senti bem, conectada e útil ao assim agir.

Depois disso fiquei pensando que poderia fazer muito, muito mais! E poderia engajar pessoas próximas a mim a fazerem o mesmo. Pensando nisso então, decidi fazer esse post para, de repente, trocarmos informações que possam ser úteis a todos, especialmente sobre diferentes formas de economizar água.

Há os velhos conhecidos recursos como: tomar banho mais rápido, desligar o chuveiro enquanto estiver ensaboando, desligar a torneira da pia quando escovar os dentes ou fizer a barba, não dar descarga sempre que fizer xixi ou pouco xixi (ok, há controvérsias, mas os estudiosos recomendam!), fechar bem a torneira para que ela não fique pingando ao longo do dia, ficar de olho em possíveis vazamentos, não lavar passeio, quintal, rua, carro etc, com mangueira e, sim, no máximo, com balde (já há até campanhas de sucesso aí nas redes sociais para que não sejam lavados os carros).. enfim, tudo isso aí já é conhecido de todos e acho que, de certa forma, estou em dia com muitas destas medidas (preciso agora aprender a desligar o chuveiro para ensaboar).reusoSó que acho que podemos ir além! Brasileiro é sempre tão danado para “inventar modas”, por que, então, não usarmos também nossa criatividade para inventarmos maneiras inteligentes de poupar água? Pensando nisso, resolvi pesquisar algumas atitudes não tão costumeiras, mas que podem causar grande impacto (positivo) na economia da água. Algumas delas:

- se você tem espaço na sua casa ou apartamento para isso, canalizar a água da chuva para que seja utilizada na limpeza da casa ou para molhar plantas, por exemplo, é uma boa estratégia;

- quando for possível a utilização de água canalizada da chuva, busque usá-la imediatamente, para que ela não evapore com o calor do dia e possa render mais;

- canalizar a água da máquina de lavar para lavar calçadas, garagens, etc também é uma boa alternativa;

- quem tem aquário em casa pode aproveitar quando for limpá-lo e, em vez de jogar a água fora, regar as plantas;

- adotar o uso do “aerador” (vulgarmente conhecido como peneirinha ou “camisinha de torneira”): aquela válvula que pode ser colocada no bico da torneira ajuda a economizar água ao proporcionar sensação de fluxo mais intenso. O Instituto Akatu fez a conta: se 12 apartamentos de um prédio aderissem ao uso do aerador na torneira da cozinha, em uma ano seria possível economizar água suficiente para encher uma piscina olímpica. 

- utilizar descarga com dois estágios ou, se possível, diminuir a pressão da sua;

- fazer xixi no banho :p : muita gente torce o nariz para isto, mas se pensarmos que será no mínimo 1 descarga a menos por dia, 7 por semana e 30 por mês, já dá pra começar a pensar no caso. Isso sem contar que  95% da urina é água, sendo os outros 5% substâncias como ureia e sal;

- mais atenção com a “água virtual”: praticamente tudo à nossa volta – alimentos, roupas, eletrodomésticos – precisa de água para ser produzido. Uma calça jeans demanda 11 mil litros de água para ser fabricada, enquanto um celular, 16 mil. Assim, quando o assunto é a economia de água, o consumo consciente de qualquer produto é indispensável.  

- se você tem piscina em casa e não abre mão disto, uma dica interessante é mantê-la sempre coberta, quando não em uso. Assim, a perda por evaporação diminui em até 90%. Em uma piscina de tamanho médio, isso representa economia mensal de 3.785 litros de água – quantidade suficiente para suprir as necessidades de uma família de quatro pessoas por cerca de um ano e meio!!!

- é muito importante lembrar que se não está chovendo, mais ainda precisamos poupar e preservar o que ainda temos. Portanto, não poluir nossos rios é crucial para que nosso período de sobrevivência a esse caos que está sendo previsto, transcorra de forma minimamente menos nociva;

- finalmente, economizar água, fazendo nossa parte, apesar de ser um grande feito, não é suficiente. É preciso brigar por políticas que cuidem dos rios e lagos, que trabalhem com proatividade, visando o futuro e evitando um mal maior para as próximas gerações, garantindo água potável para todos.  aguaTudo é uma questão de mudança de comportamento. Pode parecer difícil ou meio trabalhoso no começo, mas a gente se acostuma a tudo nessa vida. Aproveito então para saber de vocês se vocês adotam alguma medida para economizar água no seu dia-a-dia, que não tenha sido mencionada aqui. Sites legais, dicas interessantes, enfim, qualquer coisa que possa servir, de alguma forma para que nos conscientizemos ou que adotemos medidas simples para fazermos nossa parte.

Fontes: Manuais de Etiqueta do Planeta Sustentável; Organização das Nações Unidas; Instituto Akatu pelo Consumo Consciente; Sabesp;
Imagens: Google

Pra inspirar: vestidos de festa

Tenho observado, entre amigas, conhecidas, etc, que muita gente tem feito o “caminho inverso”, e tem procurado mais a possibilidade de criar seu próprio vestido de festa. Particularmente, acho isso hoje uma tarefa extremamente difícil, pois as profissionais praticamente sumiram do mercado, e eu ainda sonho em encontrar uma costureira daquelas “das boas” e que não cobre uma fortuna pelo seu trabalho (ou pela escassez de sua mão de obra!).

Mas o fato é que, ainda assim, muita gente ainda recorre às suas costureiras, mães, tias ou avós que ainda costuram e, desta maneira, vira e mexe precisam de inspirações para suas lindas e glamourosas produções de festa.

Pensando nisso, decidi fazer uma seleção dos vestidos da coleção Fall/Winter, do estilista libanês, Zuhair Murad. O Zuhair Murad, na minha opinião está no topo do topo, assim como o Elie Saab (que também aparecerá por aqui depois, com produções magníficas). Selecionei alguns dos vestidos pensando não apenas, mas especialmente, em madrinhas de casamento. É claro que tudo deve ser visto com a lente adequada. O que quero dizer? Fendas, decotes e transparências nem sempre são indicadas no altar, muito menos (pra mim!!) preto e branco, então, neste sentido, já que a ideia é buscar inspirações, as devidas adaptações devem ser feitas.

Mas acho fantástico observar os detalhes e lançar mão deles, ainda que em propostas completamente diferentes. Falo de um cinto elegante, de um tom fora do  de um decote diferente, de um babado inusitado ou de formas e texturas inovadoras. E isso tudo a gente encontra aqui. O que vocês acham?
321134491752811340431530113424254271133929913711349425734113467319241133679962311335755251133742324411356104743113556481411135368312011332682415113271530Imagens: Zuhair Murad

Look da Anita

Taí um look que acho uma delícia de usar! Talvez todo o “segredo” da produção esteja na camiseta, cheia de detalhes e mimos. Ela é toda soltinha e cavadinha, o que é ótimo para o calor, e ainda tem a renda e o plissado, garantindo graciosidade ao conjunto. Um amor! Como ela já era cheia de detalhes, optei por um shortinho também com caimento fluido. E já que a parte de cima, embora cheia de detalhes, era preta, achei que o short pedia uma estampinha, ainda que discreta.

Essa produção eu acho a cara de um almoço de domingo, um churrasco de fim de tarde ou mesmo um encontrinho com as amigas num dia suuuper quente (todos, aliás, têm sido, né?!). O melhor de tudo é que o estilo vem super acompanhado do conforto. Quer melhor?

Ah, já estava esquecendo da faixinha no cabelo, que acho uma gracinha e quero ver se volto a usar ainda mais nesses dias de calor. E então, vocês, gostaram?

Fotos: Lucinha Machado Fotografia (@lucinha_fotografia e lucinhamachado.fotografia@gmail.com)
08_AnitaBemCriada-18508_AnitaBemCriada-17908_AnitaBemCriada-16708_AnitaBemCriada-17008_AnitaBemCriada-19308_AnitaBemCriada-15508_AnitaBemCriada-15408_AnitaBemCriada-17108_AnitaBemCriada-176Camiseta preta: K9; short: Espaço Fashion; sandália: Schutz; bolsa: Mercado Loja; batom: Up the Amp, MAC.

Resultado da Retrospectiva de Looks 2014

Demorei, mas cá estou! Antes de publicar o “look da Anita” “do dia” (rs), eis aqui a o resultado da Retrospectiva dos Looks de 2014. É muito gostoso brincar com isso e ver, de outra forma, o que mais agrada as pessoas, meus e minhas leitores queridos! Eu adorei o resultado e concordo bem com ele. Obviamente que sou suspeita e também votaria em vários outros looks. Mas nem por isso discordei!!

Então vou fazer uma análise rapidinha de cada um aqui embaixo.

Bom, este primeiro lugar é, definitivamente, um look que me representa! Amei, amei e amei! A cor, a estampa, o modelo, o caimento, a versatilidade – pelo fato de ser um conjunto e poder ser usado de formas varias, enfim, vocês tiveram toda razão ao elegê-lo como o primeiro lugar no ranking dos looks de 2014. Esta é uma proposta bastante prática, cabível nos mais diferentes ambientes/eventos (do aniversário, ao chá de bebê, ao almoço do final de semana, ao HH com as amigas, a um cineminha, e até a um jantarzinho num ambiente mais descontraído). Fiquei feliz com a escolha de vocês!Primeiro

O segundo lugar também foi um look que me trouxe muito entusiasmo ao montá-lo e ao vesti-lo. Quando vi essa saia foi amor à primeira vista. Apesar de ser clara e bandage (correndo um pouco um risco de marcar e mostrar mais do que devia), depois que descobri que podia usar com aquele shortinho de meia (sabe?), foi a salvação. Assim, não tive medo e pude abusar das criações. Como a saia já fala por si, queria muito uma parte de cima que harmonizasse com ela, sem ficar a mais, nem a menos. Assim, fiquei um tempão com essa saia parada no closet até finalmente encontrar um blusa que casasse. Foi quando encontrei este cropped na C&A, numa andança super despretensiosa por lá. E o resultado foi esse aí: um look elegante, na medida.Segundo

Finalmente o terceiro lugar, que, na verdade, foi um empate, também entra no meu rol de predileções. Bom, o look da esquerda foi aquele look que você aproveita para “extravasar” toda o seu viés fashionista do dia..rs. Neste look eu apostei em várias nuances e não tive medo de misturar. O legal foi ver a aprovação das pessoas ao visualizar o post, as publicações nas redes sociais, etc. Fiquei super animada e, eu, que não sou muito medrosa para inovar, acabo me encorajando ainda mais depois destas tiradas certeiras. Finalmente, o look da direita, que, na verdade, não demandou muito “raciocínio”, mas que teve seu mérito pelo contexto. Um vestido lindo, lindo!! Leve, solto e com muito estilo, proporcionado pelo decote “ciganinh”, pela renda da saia, pela estampa e pelo rodado. Teve mesmo o seu mérito e fez por merecer estar aqui.page

Assim, agradeço a cada uma/um de vocês que participou e interagiu comigo nestas escolhas. Foi um barato e isto engrandece enormemente o nosso “centro de convivências”. E aí, a escolha de vocês apareceu no ranking?? Vocês concordam, mesmo eventualmente não tendo votado?

Aproveito ainda para convidar a quem ainda não respondeu à Pesquisa 2015: Conhecendo você que está aqui embaixo, nesta página mesmo! É só descer a barra de rolagem para ver o post ou clicar aqui para ir direto. Um beijo, obrigada e uma maravilhosa semana pra todos nós!!

Onde se hospedar em Londres (e no mundo): AirBnb é a solução!

Há um tempo atrás assisti a um reportagem na Globo News (já disse que amo o Mundo S/A?) falando sobre o Airbnb e fiquei bastante curiosa e surpresa com o funcionamento do sistema. depois disso, li algumas coisas sobre, mas só agora, durante a minha temporada em Londres é que a ideia, e consequentemente a oportunidade, surgiram novamente.

Como contei aqui no post que escreve sobre o que é “viajar” para mim, a proposta do Airbnb bate integralmente com o que penso. Então não teria oportunidade melhor para vivenciar esta experiência.

Deu tudo tão certo, mas tão certo, que eu não apenas recomendo, como nunca mais quero ficar em hotel nas minhas próximas viagens assim, mais longas e de imersão, como esta que fiz. Claro que o conforto de um hotel e algum luxo têm o seu lugar. Mas cada um tem sua hora e seu momento, certo?Airbnb

 

O QUE É O AIRBNB?

Fundado em agosto de 2008 e com sede em São Francisco, Califórnia, o Airbnb é uma mercado comunitário confiável para pessoas anunciarem, descobrirem e reservarem acomodações únicas ao redor do mundo, seja de um computador ou de um celular.

Não importa se você precisa de um apartamento por uma noite, um castelo por uma semana ou um condomínio por um mês: o Airbnb conecta as pessoas a experiências únicas de viagens, preços dos mais variados, e em mais de 34.000 cidades e 190 países!!! Com um serviço de atendimento ao consumidor de fato de nível internacional e uma comunidade de usuários em crescimento constante, o Airbnb é a maneira mais fácil de transformar seu espaço extra em dinheiro e mostrá-lo para milhões de pessoas ou, ao contrário, de se encontrar o tão sonhado (seu) “lugar no mundo”.

 

SEGURANÇA COMO PRIORIDADE

O tema “segurança” é primordial e preceito básico. E para os dois lados. Explico.

De um lado, os proprietários que abrem suas casas aos hóspedes, naturalmente, têm muito cuidado e controle sobre a segurança do esquema. O interessante é que, acompanhando os tempos modernos, eles usam muitas informações das nossas redes sociais para aprovação do nosso cadastro (sim, precisamos ser “aprovados”). A pessoa se cadastra e cria um perfil (que pode ser feito conectado a uma conta do facebook ou google+) com foto, documentos pessoais e outras informações. Além disso, à medida em que você vai fazendo uso do sistema, os membros/proprietários fazem também comentários e avaliações sobre você o que conta muita a seu favor (ou não, né..rs).

Por outro lado, ou seja, do lado de cá de quem está procurando apartamentos para alugar, as formas de se proteger e garanti mais segurança são várias. A primeira delas é se basear MESMO nos comentários. Os comentários só podem ser registrados por quem efetivamente se hospedou e, mesmo assim, durante um curto período de tempo (duas semanas) após a saída da casa/apartamento. Isto é, não tem como o membro burlar isso e “comprar” avaliações sobre o seu imóvel. Quando eu estava olhando os apês antes de ir para Londres, eu lia toooooooodos os comentários e, na hora de ir afunilando a pesquisa, eu só selecionava apartamentos que tivessem, no mínimo, 10/15 comentários. Até vi apartamentos maravilhosamente lindos por lá, sem comentário algum, mas não quis me arriscar. É claro que deve ser levado em conta a entrada do membro no sistema. Se ele entrou há um mês, muito provavelmente não vai ter comentário de hóspede nenhum ainda. Pelo sim, pelo meno (seguro morreu de velho!) prefiro não correr riscos.

Além dos comentários, há avaliações sobre vários quesitos como: precisão, comunicação, limpeza, localização, e valor. Por exemplo, se foi tranquilo ajustar o momento do check-in, se a troca de informações com o membro (pré estadia) foi rápida, útil, etc. Isso também pesou muitíssimo nas minhas escolhas.

Outra ponto importantíssimo é que a plataforma se responsabiliza por toda transferência de dinheiro feita entre hóspede e anfitrião. O pagamento total do aluguel mais taxas é feito por meio de cartão de crédito ou conta no PayPal para o site Airbnb no momento da reserva, mas o anfitrião só verá seu dinheiro 24 horas depois de feito seu check-in. Isso foi quase que definitivo para sanar minhas dúvidas então existentes antes das minhas reservas. Neste caso, há tempo suficiente para você reclamar com a Airbnb caso haja algum problema grave.

 

COMO ENCONTRAR O APARTAMENTO/CASA/IMÓVEL IDEAL

Realizado o cadastro, inicia-se a buscaCom o cadastro feito, é hora de começar a busca. Primeiro você seleciona uma cidade e, a partir daí, os filtros que deseja utilizar.  O primeiro filtro é o tipo de acomodação: lugar todo, quarto inteiro, ou quarto compartilhado. A não ser que o espírito seja bem aberto e aventureiro mesmo (rsrs) eu sugiro a opção casa/apto inteiro, por questões de privacidade e comodidade. O segundo filtro é a faixa de preço, que você seleciona deslizando os botões da barra para seu limite inferior e superior. E aí o “céu” é o limite! Se você viaja com bastaaante dinheiro sobrando, há opções bem luxuosas por aí. Caso contrário, o que é ótimo e muito democrático, dá pra fazer ótimas economias utilizando o sistema. Para afunilar ainda mais a sua busca, clique também em “Mais Filtros” para opções como número de quartos, de baheiros, bairro, tipo de imóvel, comodidades como cozinha, internet, etc. Quanto menos filtros, mais imóveis. Quanto mais filtros, menos imóveis. Claro, né!

Encontrado o apartamento desejado, você pode trocar informações  com o membro/proprietério. (tudo dentro do site – o que é ótimo, pois, no futuro, qualquer coisa pode ser usada a seu favor – ou contra – rsrs. Quer dizer, tudo que conversaram estará registrado, e, por isso mesmo, é tão importante jamais negociar nada fora do site!!). Inclusive negociar preços e pedir informações detalhadas como (vizinhança, supermercado no bairro, se tem secador, etc – isso quando já não informam em suas páginas).

 

A MINHA EXPERIÊNCIA UTILIZANDO O AIRBNB

Se fosse para resumir em uma palavra seria: FANTÁSTICA! Amei, amei e amei! Foi a minha primeira vez utilizando a plataforma, e já de cara aluguei dois. Para começar eu não tenho absolutamente nada do que reclamar. Claro que o período até bater o martelo na escolha foi um pouco angustiante pra mim. A uma, como disse, porque nunca tinha usado a plataforma. E, a duas, porque, né, sou fresca (não!) bem criada e, no caso, muito chata, cri cri e altamente desconfiada. Mas passado isso, depois das escolhas feitas e reservas aceitas eu curti muito. E desde aquele momento já estava bem certa e segura das escolhas que tinha feito.

Eu aluguei dois apartamentos, pois, num primeiro momento, não precisaríamos de um apartamento tão grande, já que éramos só eu e o maridão. Já num segundo momento, Mamita ia chegar, então queria garantir conforto e bem-estar a ela também. Os dois apartamentos foram fidelíssimos à descrição do site! Nunca vi igual! Fotos idênticas, comentários honestíssimos e anfitriôes corteses! Tudo muito legal.

Num primeiro momento ficamos num apartamento que tinha ligação direta de metrô (sem trocar de linha/estação) até a escola. Esse foi um ponto importante para a escolha, embora já soubéssemos que andaríamos pelo menos uns 10 minutos até chegar á estação – o que, para mim, foi praticamente o único defeito do lugar, ou seja, não ser tãaao pertinho do metrô, como o outro acabou sendo. Pode parecer pouco, mas no frio e, eventualmente, chovendo, essa distância costuma parecer bem maior. Vejam fotos do apê desse primeiro período.4df8e47c_original1Sem título9245367108Como vocês podem ver, o apartamento era excelente, tinha praticamente tudo que precisamos, com exceção do microondas (a proprietária, Cindy, era toda natureba, então não usava microondas). Até não fez tanta falta, mas acho importante ser disponibilizado (falei isto para ela na minha avaliação, ao final da estadia). Neste caso, o único ponto menos favorável foi o apê não ser tão coladinho na estação, como é o ideal. Fora isso, tudo maravilhoso, limpo, bem arrumado e servido. Quando chegamos ainda tinha um receptivo fofinho: massa artesanal, um molho, biscoitinhos e duas bebidas diferentonas lá pra gente.

O segundo apartamento em que ficamos, e aí já não consegui ver defeito algum, foi esse que vocês podem ver abaixo. A proprietária é designer, então ela pensou em absolutamente tudo, tudo mesmo. A roupa de cama era impecável, a decoração, os itens de cozinha, as louças, uma graça mesmo! Fiquei muito, muito encantada, e defintivamente foi um dos motivos de ter sofrido tanto por vir embora. Já recomendei esse apê para várias pessoas depois disso. Vejam as fotos:flat0flaFlat7910814 111315171816

 

A BOA NOTÍCIA?

Tem Airbnb no mundo inteiro! Não apenas em Londres, mas nos quatro cantos da Europa, EUA, Ásia, etc etc, inclusive Brasil!!! Um das minhas anfitriãs estava me contando que ela veio para o Brasil no período da COPA e conheceu meio país por aqui. E tudo como? Airbnb!! Trancoso, São Paulo, Rio, Ouro Preto, etc.. Achei isso um barato!

Para facilitar, o site é todo acessível em português e só as negociações é que vão depender da flexibilidade do membro em termos de idioma (inglês é sempre universal, mas vários também falam outra língua. Não custa tentar!).

Fiz esse post com muuuuuuito carinho, pois sei que isso pode ajudar muitas e muitas pessoas também. Espero que vocês tenham gostado!

1 de 18412345...Última